CRO-PE realiza flagrante de exercício ilegal em UBS de Machados

Data publicação: 13/04/2021

Responsive image

Uma equipe de fiscalização do Conselho Regional de Odontologia (CRO-PE) esteve na manhã desta terça-feira (13), no município de Machados, no Agreste Setentrional, para fiscalizar a Unidade Básica de Saúde (UBS), no bairro da Cohab. O resultado da visita foi o flagrante de exercício ilegal da profissão e a interdição ética do consultório de Odontologia por más condições de uso.

Ao chegar no local, aparentemente reformado, a equipe se deparou com dois homens, supostos Técnicos em Prótese Dentaria, sem inscrição no Conselho, que faziam a manipulação e moldagem de próteses dentárias dentro do próprio consultório odontológico, infringido a Lei Federal no 5.081, de 24 de Agosto de 1966, que regula o exercício da odontologia e o Art. 282 do Código Penal, que trata do exercício ilegal da profissão. Além disso, o ambiente estava com o ar-condicionado quebrado e uso inadequado de ventilador; falta de água encanada; instrumentais sem data de esterilização e sala de expurgo e esterilização em más condições de trabalho.

De acordo com o chefe da Fiscalização do CRO-PE, João Godoy, o consultório infringe a conduta ética da Odontologia e fere as normas da Agência Nacional de Saúde. “O local foi interditado imediatamente e as autoridades informadas de toda situação encontrada. As atividades só poderão ser retomadas após a adequação de todas as irregularidades”, disse ele. No consultório havia ainda uma dentista responsável e também uma Auxiliar de Saúde Bucal (ASB).

A denúncia poderá ser feita pelo WhatsApp do Setor de Fiscalização do CRO-PE. Nele você poderá tirar dúvidas sobre registro de denúncias e direcionamentos gerais: (81) 98835-1214.



© 2021 cro-pe.org.br Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por