CRO_PE esclarece Analistas de Saúde do Estado quanto ao cumprimento da Lei Federal nº 3.999/61

Data publicação: 31/05/2021

Responsive image

O Conselho Regional de Odontologia de Pernambuco (CRO-PE) realizou na tarde da segunda-feira (31), os Cirurgiões-Dentistas Analistas de Saúde que trabalham no Governo de Pernambuco numa reunião geral que tratou sobre o piso salarial da categoria. A procuradora do Jurídica do CRO-PE, Maristela Dantas, conduziu o encontro apesentando informações pertinentes sobre o encaminhamento do Conselho para combater o aviltamento profissional e sobre ações judiciais do CRO-PE em favor dos CD´s do Estado.

“Nosso objetivo é esclarecer dúvidas dos profissionais e combater o aviltamento e cumprimento da Lei. Não ficamos apenas na esfera judicial, trabalhamos outros processos administrativos”, frisou a procuradora. Lembrando que a Lei Federal nº 3.999/61 completará 60 anos de vigência.

De acordo com os analistas, o Governo do Estado não cumpre o piso salarial estipulado pela Lei Federa que estabelece o pagamento de três salários mínimos para o Cirurgião-Dentista para 20h de trabalho semanais e também não aprova um plano de cargos e carreiras para a categoria.


“Trabalhamos, incessantemente, para garantir direitos e combater o aviltamento da profissão no Estado e nos munícipios que pagam abaixo do piso mínimo para a categoria. Tenho muito orgulho da minha profissão, mas não tenho orgulho nenhum da renumeração que é paga pelo Estado e por alguns municípios”, disse o presidente do CRO-PE, Eduardo Vasconcelos.

O CRO-PE está aberto para tirar dúvidas e esclarecer os profissionais. A reunião completa pode ser vista no Facebook do CRO-PE ou através do link na Bio no Instagram.



© 2022 cro-pe.org.br Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por