CRO-PE fiscaliza e interdita UBS em Maranguape II, em Paulista

Data publicação: 15/06/2021

Responsive image

O setor de Fiscalização do Conselho Regional de Odontologia (CRO-PE) promoveu uma série de visitas para fiscalizar os consultórios odontológicos em Paulista, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Depois de denúncias, a equipe do Conselho encontrou diversas irregularidades e falta de estrutura para atendimento à população.

A Unidade Básica de Saúde (UBS) da Prefeitura do Paulista, em Maranguape II, é um exemplo disso. A equipe, ao chegar no local, se deparou com um cavalo dentro da unidade, mofo nas paredes do consultório e expurgo, garrafas PET como recipientes de água e de produtos, cuspideira com problemas, além da dificuldade de acesso ao compressor, pelo volume do mato encontrado no local.

De acordo com o chefe da Fiscalização do CRO-PE, João Godoy, o consultório infringe a conduta ética da Odontologia e fere as normas da Agência Nacional de Saúde (ANS). “O local foi interditado imediatamente e as autoridades informadas de toda situação encontrada. As atividades e atendimento à população só poderão ser retomados após a adequação de todas as irregularidades para garantir a dignidade dos profissionais que ali exercem suas funções e da população que é atendida”, disse ele.

Os demais consultórios em que foram encontrados problemas pontuais terão seus relatórios consolidados e remetidos à prefeitura para providências.



© 2022 cro-pe.org.br Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por