CRO-PE interdita consultórios odontológicos da rede Pública em Tracunhaém

Data publicação: 29/09/2021

Unidades não tinham condições de prestar atendimento à população


Responsive image

Dois consultórios Odontológicos da rede pública de Tracunhaém foram interditados na manhã desta quarta-feira (29) pela equipe de Fiscalização do Conselho Regional de Odontologia, CRO-PE.

As unidades "Teto do Povo" e "José Vasques", de responsabilidade da Prefeitura Municipal, não ofereciam as mínimas condições de trabalho para equipe e de atendimento à população.

Os fiscais do CRO encontraram mofo nas paredes e teto, infiltrações, materiais instrumentais em estado crítico e mal acondicionados, bem como a falta de expurgo e lixeiras quebradas. Os espaços sofreram interdição ética e a Prefeitura terá 30 dias para cumprir as determinações do CRO-PE, bem como as demais correções para a retomada do atendimento.

“Uma situação calamitosa. É inadmissível que a Prefeitura disponibilize aos profissionais e população espaços totalmente inadequados para atendimento à saúde do cidadão. As unidades ficarão fechadas até a regularização de todos os problemas”, disse o chefe da Fiscalização, João Godoy.



© 2021 cro-pe.org.br Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por