CRO-PE apresenta propostas da Odontologia para as Conferências de Saúde

Data publicação: 29/09/2021

Documento traz sugestões para os encontros municipais, estadual e nacional no que diz respeito à saúde bucal


Responsive image

A Comissão de Políticas Públicas do CRO/PE, com base nas propostas expressas no relatório nacional consolidado da 16ª Conferência Nacional de Saúde e nas propostas que o CRO/PE entregou aos candidatos das últimas eleições estadual e municipais criou o documento norteador de propostas para a saúde bucal nas conferências de saúde municipais, estadual e nacional.

O documento na sua versão preliminar traz orientações para a discussão nas Conferências de Saúde de 2021 e 2022, pois o CRO/PE entende ser fundamental a articulação e mobilização para a aprovação de propostas que beneficiem a saúde bucal da população.

As Conferências de Saúde têm como objetivo avaliar a situação de saúde e propor diretrizes para a formulação da política de saúde nos municípios, estados e país e acontecem a cada quatro anos.

A etapa municipal da 17ª Conferência Nacional de Saúde já está em trânsito de forma virtual/presencial devido à pandemia da COVID-19. Já em 2022, deverão acontecer as etapas estadual e nacional. “Nosso intuito é fazer com que os profissionais da Odontologia e das demais categorias profissionais, gestores e população em geral participem dos encontros, apresentando, debatendo e defendendo propostas para a saúde bucal do brasileiro”, frisa Ive Monteiro, presidente da Comissão de Políticas Públicas do CRO-PE.

Ainda de acordo com ela, é necessário levar em consideração as graves ameaças que o SUS vem sofrendo, em um contexto de crise sanitária e retrocessos sociais, acentuando os desafios para garantir o direito fundamental da população à saúde bucal, componente indissociável da saúde geral.

Confira no link o documento preliminar clicando aqui




© 2021 cro-pe.org.br Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por